Ginger Cake/Bolo de gengibre

em baixo está em português

We keep baking from “World Class Cakes” by Roger Pizey because it is #CakeSliceBakers time again, and we are back with our October cake. This time my choice was ginger cake. Honestly this time I chose this cake because I wanted an easy cake to bake and as I like ginger very much I thought it was the ideal choice for me this month.IMG_4117-2

Recipe serves 10

Ingredients

For the cake

  • 3/4 cup(1+1/2 sticks) butter
  • 1 cup dark brown sugar
  • 2 tbsp dark corn syrup
  • 2 eggs
  • 2/3 cup whole milk
  • 2+1/4 cups self-rising flour
  • 2 tsp ground ginger
  • 1/2 tsp salt
  • 2+3/4oz crystallized ginger roughly chopped

For the syrup

  • 2/3 cup ginger beer
  • 1/4 cup superfine sugar

Directions

  1. For the cake: Preheat the oven to 325ºF, and grease and line a 7in x 3 1/4in x 3 1/4 in loaf pan with parchment paper.
  2. Place the butter, sugar and dark corn syrup in a largish pan and heat until it is all melted.
  3. Beat the eggs into the milk and then add this to melted batter.
  4. Stif the flour, ginger and salt together in a bowl and then add the crystallized ginger before pouring this into the egg and milk batter and combining gently.
  5. Pour into the prepared pan and bake in a preheated oven for 1 hour.
  6. remove from the oven, cool for 10 minutes in the pan, and then turn out onto a wire rack. Remove the parchment paper.
  7. For the syrup: Bring the wine/beer and sugar to a boil and continue boiling until a syrup forms. Pass the liquid through a strainer. Remove from the heat and leave to cool.
  8. While the cake´s still warm, glaze with the syrup for an extra whack of gingeryness.
  9. Serve with a big dollop of créme-fraiche alongside.

IMG_4132-2

Here a small video about how I baked this cake.
Xoxo

Ana


Mais um #CakeSliceBakers. Desta vez escolhi um bolo fácil para equilibrar e também porque adoro gengibre. O único “quê” deste bolo é o xarope de vinho de gengibre. Já alguma vez ouviram falar de vinho de gengibre? Eu não! Sabia que havia cerveja de gengibre porque há tempos tinha comprado uma numa daquelas feiras de cerveja que de vez enquanto fazem nos supermercados e por sorte ainda a tinha comigo….Mas voltando ao vinho, descobri que é um vinho fortificado feito a partir de uma mistura fermentada de raiz de gengibre e passas de uva. Muitas vezes é fortificado por ser misturado com conhaque. Foi produzido pela primeira vez em Inglaterra no século 18 e mais descobri que as lojas Glood vendem. Deixo aqui o link caso haja algum interesse da vossa parte. Eu fiz o xarope com a cerveja que tinha e ficou óptimo.

Para fazer este bolo não necessita de batedeira, precisa apenas de uma panela, para a manteiga derreter com os açúcares

Uma tigela para misturar os ovos com o leite e seguidamente misturar a manteiga derretida,mas cuidado, tem que temperar primeiro os ovos antes de misturar tudo de uma vez. Temperar significa pôr os ovos á mesma temperatura da manteiga, colocando uma colher de sopa de cada vez com a manteiga derretida no preparado do leite com os ovos e mexer, no total umas 4 colheres de sopa e então sim, colocar o resto da manteiga derretida continuando a mexer.

Depois coloca a farinha peneirada com o gengibre misturando com cuidado e coloca dentro da forma para ir ao forno

E aqui está ele já com o xarope de cerveja de gengibre!IMG_4110-2

Bom apetite!

Receita-10 porções

Ingredientes

Para o bolo

  • 170g de manteiga sem sal
  • 220g de açúcar moreno
  • 2 colheres de sopa de xarope de milho castanho ou xarope de cana de açúcar *
  • 155g de leite gordo ou meio gordo
  • 2 ovos L
  • 320g de farinha com fermento
  • 2 colheres de chá de gengibre em pó
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 85g de gengibre cristalizado aos quadrados pequenos

Para o xarope

  • 155g de vinho de gengibre ou cerveja de gengibre
  • 45g de açúcar fino

Preparação

  1. O bolo: Pré-aquecer o forno a 180ºC, e untar e forrar com papel vegetal uma forma de bolo inglês.
  2. Numa panela deitar a manteiga, o açúcar e o xarope, levar ao lume até a manteiga estar derretida e o açúcar dissolvido.
  3. Numa tigela misturar os ovos com o leite, deitar a manteiga derretida com os açúcares.
  4. Noutra tigela peneirar a farinha com o gengibre em pó e seguidamente misturar o gengibre cristalizado. Deitar na mistura anterior e misturar cuidadosamente. Quando todos os ingredientes estiverem bem incorporados deitar na forma levar ao forno durante +/- 50 minutos ou quando fizer o teste do palito este sair limpo.
  5. Retirar do forno deixar arrefecer 10 minutos na forma e só depois retirar.
  6. o xarope: Numa panela deixar ferver durante 10 minutos a cerveja com o açúcar até ter a consistência de xarope. Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco.
  7. Com o bolo ainda quente ensopar com o xarope. Servir sozinho ou com uma colher de natas batidas.

IMG_4142-2

Deixo aqui um pequeno vídeo artesanal que filmei qdo fiz o bolo.

Nota: Aqui estão os xaropes que levam a receitaIMG_4075-2

O da marca Sidul é português e costumo comprar nos supermercados E.Leclerc ou nos Jumbos. O xarope de milho, este comprei aqui mas também pode arranjar aqui

Beijos e abraços

Ana

Sangria de Romã

Outubro.  Para este mês a Marta escolheu como tema a Romã  fruta  pertencente à família das Mirtáceas, rara na Europa Central, mas cultiva-se em grande quantidade na Europa do Sul e no Norte de Àfrica.  A Marta escreveu um artigo excelente sobre a
romã que poderão ver aqui .
Nas minhas pesquisas sobre receitas com romã, encontrei na Martha Stewart, esta sangria para colocar na mesa da Marta, à boleia do tempo quente que ainda se faz por cá!

Receita

Ingredientes

  • Uma garrafa de vinho Rosé ou vinho Branco
  • Gelo
  • 50ml + 300ml de sumo de maçã
  • 2 colheres de sopa cheias de mel
  • 200ml de sumo de romã
  • 2 maçãs cortadas ás rodelas
  • grãos de 3 romãs

Preparação

  1. Ferver 50ml de sumo de mação com o mel até este ficar dissolvido.
  2. Encher até metade com gelo o jarro onde vai fazer a sangria. Deitar sobre o gelo o sumo de maçã com o mel já dissolvido, o vinho, o resto do sumo de maçã, o sumo de romã e os seus grãos. Por fim as rodelas de maçã e misturar tudo.

Deixo aqui um pequeno vídeo ilustrativo.

IMG_3957-2

Beijos e abraços

Ana

Churros em forma de waflles

Este mês a 21ª edição do Sweet World da Susana e da Lia fala-nos de churros . Uma versão mais pequena da famosa fartura que se vende em feiras e festas regionais, quentinha, polvilhada com açúcar e canela.

Para esta edição do Sweet World resolvi dar uma forma diferente aos churros transformando-os em waffles, adaptando e traduzindo para português uma receita de Daniel Shumski . Uma outra maneira de comer churros para quem não gosta do cheiro a fritos em casa. Nesta receita apenas trocamos a fritadeira pela máquina de waffles.IMG_3816

Começemos pela massa que é feita da mesma forma que fazemos a massa choux.IMG_3809-2

Temos que ter cuidado em não encher a máquina dos waffles com grande quantidade de massa porque esta cresce e sai fora da máquina. Aconselharia primeiramente colocar um pouco de massa para a testar.

 

Depois de estarem cozidos pincelamos com manteiga derretida e passamos por açúcar e canela.IMG_3821-2

Para que tudo fique ainda mais composto, acrescentamos um molho de chocolate.IMG_3832-2

Bom Apetite!

Receita – 3 waffles + 1/2

Ingredientes

Para a massa

  • 126g de água
  •  58g  de manteiga sem sal
  • 1 colher de sopa de açúcar
  •  85g de farinha T55 sem fermento
  • 1 colher de café de sal
  • 1/2 colher de café de canela
  • 2 ovos L

Para o molho de chocolate

  • 57g de manteiga
  • 43g de chocolate em barra com 70% de cacau
  • 113g de natas
  • 149g de açúcar
  • 28g de cacau em pó
  • 1 colher de chá de café instantâneo em pó (opcional)
  • 2 colheres de chá de extrato de baunilha

Para polvilhar

  • 130g de açúcar
  • 1 colher de chá de canela

Preparação

  1. Molho de chocolate: Numa tigela misturar o açúcar e o cacau em pó. Leve a manteiga e o chocolate a derreter, numa panela em lume mínimo. Quando obtiver uma mistura cremosa, acrescente as natas, misture e seguidamente adicione o açúcar e o cacau, mexa e assim que começar a ferver retire do lume e acrescente o extrato de baunilha. Deixe arrefecer.
  2.  Massa: Numa panela levar a ferver, a água, manteiga, sal, açúcar e a canela.Quando a manteiga tiver derretida e o açúcar dissolvido, baixe o lume adicione a farinha de uma só vez e mexa rapidamente até a massa absorver a água, formar uma bola e descolar do tacho. Retirar a panela do lume e passar a massa para a tigela da batedeira e deixar arrefecer 5 minutos. Acrescentar um ovo de cada vez e misturar bem. Obterá uma massa firme mas cremosa.
  3. Aqueça a máquina de fazer waffles e unte com manteiga os dois lados. Coloque cerca de duas colheres de sopa de massa em cada secção. Feche a tampa e deixe cozer, até os churros estarem dourados, dependendo da máquina +/- 5 a 10 minutos. Transfira os churros para um prato e repita o processo com o resto da massa.
  4. Pincele os churros com manteiga derretida e passe-os pela mistura de açúcar e canela. Sirva quente com o molho de chocolate.

IMG_3830-2

Deixo aqui um pequeno vídeo com alguns passos da receita.

Beijos e abraços

Ana

 

 

 

Coxas de frango na frigideira com uvas e cebola caramelizada


Para esta edição de Outubro no Dia um…na cozinha foi-nos pedido receitas com uvas.

Estive hesitante entre escolher uma receita doce ou salgada. Comecei nas minhas pesquisas  e houve duas receitas, ambas salgadas, que se destacaram. Assim sendo seriam salgadas, agora toca a escolher entre as duas. Uma com salsichas frescas e outra com coxas de frango. Embora goste e muito dos dois ingredientes, achei que a receita das  coxas de frango representava melhor o que era pedido nesta edição de dia um…na cozinha. 

Então vamos lá escrever um pouco sobre esta receita da Lindsay de pinch of yum que combinou na perfeição frango assado com cebola caramelizada e uvas. Sim uma combinação perfeita, desafio-vos a provar!IMG_3553-2

As coxas de frango são passadas por uma mistura de farinha temperada com tomilho, pimenta da Jamaica e pimenta preta e vão ganhar aquela cor castanha e tostada na mesma  frigideira em que anteriormente já tinha sido caramelizada a cebola. Acabam de cozinhar no forno com um molho que leva vinho tinto, a cebola caramelizada e as uvas. Hum a cozinha fica com um cheiro que nos faz crescer água na boca!

Acompanhei com couscous que se misturaram com aquele molho maravilhoso, fazendo-nos comer mais e mais, até já não haver mais nada!IMG_3555-2

 

Deixo aqui ligação para um pequeno video que fiz quando confeccionei a receita.

Bom Apetite!

Receita – 4 pessoas

Ingredientes

Cebola caramelizada

  • 2 colheres de sopa de manteiga/margarina
  • 1 cebola grande cortada em rodelas fininhas

Para as coxas de frango

  • 90g  farinha T55
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1/2 colher de chá de pimenta caiena
  • 1 colher de café de tomilho seco
  • 1 colher de café de pimenta da Jamaica
  • 8 coxas de frango com pele
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1+1/2dl  vinho tinto
  • 1+1/2dl  caldo de galinha
  • 200g  uvas
  • salsa para polvilhar

Preparação

  1. Para caramelizar a cebola, numa frigideira grande que caiba as coxas de frango e vá ao forno, aquecer a manteiga/margarina deitar a cebola deixar refogar mexendo constantemente até a cebola ficar castanha. Retirar da frigideira e reservar.
  2. Pré aquecer o forno a 200ºC. Numa tigela misturar a farinha com as especiarias. Passar as coxas de frango pela mistura sacudindo o excesso.
  3. Na mesma frigideira que refogou a cebola deitar o azeite deixar aquecer e fritar as coxas de frango com o lado da pele em contacto com a frigideira e fritar rapidamente de cada lado só os lados ficarem tostados. Retire para um prato.
  4. Baixar o lume e com cuidado deitar na frigideira o vinho deixar borbulhar um pouco e seguidamente deitar o caldo de galinha  deixando reduzir um pouco o liquido. Juntar as coxas com a parte da pele para cima, as cebolas caramelizadas,  e 3/4 das uvas e levar ao forno cerca de 20 minutos.
  5. Retirar a frigideira do forno e juntar o resto das uvas misturando-as com o molho voltar a colocar no forno mais 5 a 10 minutos.
  6. Antes de servir polvilhar com salsa e opcionalmente com o seguinte molho: 2 partes de azeite, 1 parte de vinagre balsâmico e 1 colher de chá de mostarda Dijon.

Beijos e Abraços

Ana

Cheesecake de Brigadeiro

Como já tenho referido, cá em casa somos autênticos amantes de chocolate e assim sendo quando vi esta receita na revista “cozinha de sucesso”fiquei logo em “pulgas” para a fazer. Ao ler a receita, achei que tinha que lhe dar a volta acrescentando mais chocolate. Afinal estamos a falar de brigadeiro, certo? Pus-me a magicar e logo na minha cabeça tive a imagem como ia ser….chocolate de cima abaixo!!!

Comecemos pela base. Tinha que ser de chocolate, mas não chegava ser só de chocolate…tinha que ser uma base completamente decadente.  Há algo mais decadente do que um brownie de chocolate, denso por fora e húmido por dentro cheio de chocolate?IMG_3154-2.jpg

Era isto que eu me referia! E como chegamos a esta beleza? Muito fácil nem precisam de batedeira, apenas uma vara de arames e uma espátula. Para ficar assim com está na imagem não pode ser muito batido, só o suficiente para incorporar os ingredientes.

Aqui tenho uma confissão a fazer; No dia em que o fiz andei toda entusiasmada a filmar as várias etapas da confecção do cheesecake para fazer uma história no Instagram que me esqueci completamente de tirar fotografias, mas a boa noticia é que juntei todos os vídeos  e coloquei-os numa publicação na minha página  de facebook   aqui .

Depois da base, vamos ao recheio. Aqui temos um creme de chocolate feito com chocolate derretido  queijo mascarpone, leite condensado e natas batidas com açúcar . Colocamos outra vez em cima do brownie o aro redondo da forma onde cozeu no fornoIMG_3153-2 e deitamos o creme de chocolate. Como o creme leva  folhas de gelatina temos que o colocar no frio para solidificar. Eu gosto sempre de deixar durante a noite até ao outro dia. Antes de lhe tirar o aro ainda lhe deito no cimo uma ganache de chocolate. Para desenformar utilizo um maçarico de cozinha e dou calor a toda a volta do aro, só uma vez e retiro o aro. Está tudo documentado nos vídeos. Depois é só usar a imaginação para decorar. Eu decorei com framboesas, uns bombons e raspas de chocolate. Nos laIMG_3222-2

dos  deitei granulado de chocolate porque afinal de contas é um brigadeiro!

Receita – 8 pessoas – uma forma com aro amovível de 18

                    ou 20cm

Ingredientes

Base – Brownie

  • 125g de chocolate negro (53-60% de cacau)
  •  60g de manteiga sem sal
  •  2 ovos temperatura ambiente
  • 190g de açúcar
  •  40g de farinha T55 sem fermento
  •  1 colher de sopa + 1/2 de cacau em pó
  •  1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha

Recheio

  • 5 folhas de gelatina
  • 250g de chocolate negro 70% de cacau partido
  • 0,5dl leite
  • 1 lata de leite condensado
  • 250g de queijo mascarpone
  • 2dl + 1/2 de natas frias
  • 2 colheres de sopa de açúcar

Cobertura

  • 175g de chocolate negro 70% de cacau partido
  •   56g de manteiga sem sal temperatura ambiente
  • framboesas
  • bombons de chocolate
  • raspas de chocolate
  • granulado de chocolate

Preparação

  1. Brownie: 
  2. Numa forma de 18/ 20cm com fundo amovível, unta-se o seu fundo e cobre-se com papel vegetal e torna-se a untar.  Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  3. Colocar o chocolate partido aos bocados e a manteiga e derreter em banho maria. Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco.
  4. Numa tigela colocar a farinha juntamente com o cacau em pó, sal e misturar.
  5. Noutra tigela juntar os ovos, açúcar e o extracto de baunilha. Misturar os ingredientes com uma vara de arames sem bater demasiado +/- 30segundos. Não queremos arejar muito a massa, pelo contrário aqui queremos uma massa mais densa.
  6. Juntar o chocolate derretido e misturar com a vara de arames sem bater.
  7. Peneirar a mistura da farinha por cima da mistura de chocolate e com uma espátula de silicone incorpora-la no chocolate sem dar muitas “voltas”.
  8. Colocar a massa na forma e levar ao forno durante +/- 20 minutos. Se espetar um palito este pode vir um pouco húmido. Retirar do forno e deixar arrefecer na forma. Assim que estiver frio, retire da forma, coloque o brownie num prato de servir e volte a colocar o aro.
  9. Recheio:
  10. Demolhe as folhas de gelatina em água fria no mínimo 2 minutos
  11. Leve o chocolate partidos aos bocados a derreter com o leite em banho maria, até obter um molho uniforme; retire do lume e incorpore a gelatina escorrida.
  12. Adicione o leite condensado e o queijo mascarpone e, por fim, envolva as natas batidas em neve com o açúcar.
  13. Verta o preparado dentro do aro e leve ao frio para solidificar mínimo 4 horas.
  14. Quando estiver sólido retirar do frio e fazer a cobertura.
  15. Cobertura:
  16. Derreter o chocolate com a manteiga em banho maria. Assim que tiver derretido retirar do lume, deixar arrefecer um pouco antes de deitar no cimo do creme de chocolate.
  17. Para retirar o cheesecake do aro, tarefa mais fácil quem tiver um maçarico de cozinha, bastando dar um pouco de calor à volta do aro e fica pronto para retirar. Caso contrário passar uma faca de ponta em volta do interior do aro e retirar cuidadosamente o aro.
  18. Decore a gosto

IMG_3228-2

 

Beijos e abraços

Ana

 

Dobos Cake/Bolo Dobos

em baixo está em português

It is #CakeSliceBakers time, and we are back with our September cake from World Class Cakes by Roger Pizey.  The choices this month were, dobos cake, Lucas Glanville’s Sticky Date Cake with Caramel Sea Salt Sauce, Turkish Tahini Cake  and finally Linzer Torte. I chose dobos cake because this time I wanted to bake a cake that would challange me. And so it was, before I could bake de cake properly I screwed 12 eggs, yes you read well, 12 eggs!!!

For The first 6 eggs I messed them up  because after I read the recipe I  thought that the tecnique to make a sponge cake was wrong because it wasn’t the one that I’m used to do, so I decided to do it my own way and it didn’t work. After that, I decide to follow the recipe exactly as it was in the book and you know what…it didn’t work again because the layers of the cake didn’t become spongy as they had to stay!

Since I’m not a girl who gives up on the first try I went to Youtube to look for how to make the dobos cake and I found this and I decided to follow that one and…Eureka it worked , here it is the Dobos Cake!

Ok the cake is not perfect but it was the best I could do…after all was my first try!IMG_2963-2

Dobos cake is a Hungaran sponge layered with chocolate buttercream and topped with caramel. The cake was invented by the famous Hungarian confectioner Jozsef C. Dobos in 1884. The fame of the torte to which Dobos gave his name was probably at least partly due to its extravagant use of chocolate buttercream / buttercreme, at a time when most cakes were iced or filled with cooked creams, whipped creams, or custards.

IMG_2975-2

Recipe serves 12

Ingredients

For the cake

  • 1 egg x6
  • 10g of unsalted butter melted x6
  • 20g all-purpose flour, sifted x6
  • 20g granulate sugar x6

For the chocolate buttercream

  • 4 eggs
  • 1 3/4 confectioners’ sugar
  • 1 1/4 cups(2 1/2 sticks) butter room temperature
  • 9oz semisweet chocolate(minimun 70% cocoa solids)
  • 4 Tbsp of water

For caramel

  • 150g sugar
  • 50ml water
  • 1 Tbsp vinegar

Directions

  1. For the cake:add the egg into the kitchen machine’s bowl fitted with whisk attachment add the sugar and a very little bit of salt and mix well the egg until tripled in volume.Remove the whisk attachment and add over the egg the melted and cooled butter, the sifted flour and fold in into egg misture. Meanwhile Prepare a  8-inch springform for baking: cut 6 circles of waxed paper, brown paper, or baking parchment to fit the bottom of the pan, grease the bottom  with butter, place one cicle in, and grease that as well. Set the pan aside until ready to use as the other 5 cicles of waxed paper and preheated oven at350FTake a prepared pan and spread the batter on the bottom as evenly as possible, let the batter touch the sides of the pan at several points. Place it in the middle of the preheated oven. Bake for 10 to 12 minutes or until the cake hardens and begins to turn color. Remove from the pan with spatula, invert, and quickly but carefully tear off all the paper. Cool on cake rack. Continue in this fashion until all the layers are baked
  2. For the chocolate buttercream: in the bowl of a stand mixer put the 4 eggs, the confectioner’s sugar and start to mixed them first slowly and then in high speed for about 10 minutes or until the eggs triple their volume.
  3. Remove de bowl from the mixer, transfer the eggs into a heatproof bowl over a pan of simmering water and start to mix de eggs with a whisk for about 10-15 min. or until the mixture will thicken. When the mixture is almost ready add 4 Tablespoons of water and continue to mix for about 5 minutes. After 15 minutes the cream is ready.
  4. Remove the bowl from the pan add the chocolate and mix it well to melted de chocolate and get a smoth cream. Let the chocolate cream aside to cool
  5. After the chocolate cream has cooled down, add the butter which is at room temperature, in the mixer bowl and  beat the butter on medium speed until pale and fluffy. Add a little bit of chocolate cream one at a time until you finish all the cream. it should be pale and fluffy.
  6. Please note that is very important to let chocolate cream to cool down before mixing it with butter to not melt it.
  7. Assemble the cake: Put aside one layer cake because in the end we will coat it with caramel.
  8. Put the first layer onto a serve plate or a round cake board and spread 3 Tablespoon of the cream on top carefully and  uniformly as possible. Repeat with all of the layers. Make sure that your layers are straight and lined up with the ones below. Frost the outside of the cake and then the top of the last layer. Reserve some cream for the final rosettes. Put in the fridge for about 20 minutes.
  9. Meanwhile I’ll make the caramel.
  10. For the caramel: Put the sugar into a pan, add the water and the vinegar which will make the caramel a little bit more liquid.  Cooking until the caramel is smooth and quite brown. Do not touch or taste the caramel: it is VERY HOT!When ready, pour it quickly over the sixth layer, spreading it evenly with a spatula.
  11. With an oiled or buttered knife, quickly cut the caramel-topped layer into 12   wedges before the caramel hardens. As soon as it dries, place the wedges on top of the cake.
  12. Put the filling left,  in a pastry bag  fitted with a wilton 6B tip  and pipe 12 rosettes. On top of them put the slices of caramel as you see in the photoIMG_2972-2

Dobos Cake is ready! I hope you like it . It’s a very tasty cake!!!

Xoxo

Ana


Mais um desafio ultrapassado nesta edição de Setembro #CakeSliceBakers. Desta vez de entre as quatro escolhas resolvi optar por um bolo um bocadinho mais elaborado, até porque tinha várias técnicas diferentes, para mim,  tanto na confecção do próprio bolo como no seu creme de manteiga que tinha que experimentar e aprender.  Este  bolo é de origem húngara. Chama-se Dobos porque assim se chamava o pasteleiro que o criou em 1884 e ainda hoje é muito famoso na Hungria. É um bolo em camadas finas e fofas recheadas com creme de chocolate e com um acabamento de caramelo. IMG_2973-2Assim sendo arregacei as mangas e comecei a ler a receita. À medida que ia lendo achei os passos confusos, muitas “voltas”e uma grande interrogação na minha cabeça. Definitivamente aquela não era a maneira como eu costumava fazer um bolo fofo sem fermento! Teimosamente resolvi pegar nos ingredientes e fazer á minha maneira. Correu mal!!! A massa esponjosa cheia de ar como manda a “sapatilha” quando fui colocá-la nos seis círculos feitos em papel vegetal colocados num tabuleiro para assim cozerem no forno, como estava na receita, não tinha densidade suficiente para se aguentar nos circulos por isso… lixo! Ok pensei eu, aqui está a razão porque a massa é feita de outra maneira! Toca a fazer tudo de novo e seguir estritamente a receita. Desta vez a massa ficou mais densa aguentou-se nos circulos ,só que…..quando saiu do forno estava tudo menos fofa. As camadas estavam duras, e não, não  era aquilo com toda a certeza!!! Mas há uma coisa que ficam a saber em relação á minha pessoa, tudo o que considero importante para mim, não desisto com facilidade e apesar de já ter estragado 12 ovos eu iria fazer o bolo!!!! Lembrei-me então de ir ao Youtube à procura do bolo Dobos para saber afinal o que me estava a faltar…Afinal , pelo que fui vendo estava certa  a minha maneira de fazer o bolo fofo, só que tinha que fazer das duas uma: em seis formas do mesmo tamanho, ou uma camada de cada vez, dividindo os ingredientes em 6 fazendo cada um de raiz, porque a massa não pode estar à espera senão  perde o ar  e as camadas ficam duras. Como não tinha 6 formas, bora lá, uma de cada vez.

Não é tão trabalhoso quanto possam estar a pensar. Basta terem 6 círculos de papel vegetal já prontos e os ingredientes já pesados. Quando uma camada está no forno começam logo a preparar a segunda camada. Assim que  a primeira sai do forno com uma pega em luva tirar a camada da forma, colocar novo circulo de papel vegetal , a massa que já está pronta e colocar novamente no forno e assim por diante até terem as seis camadas.

O creme de chocolate na receita original também as  voltas são complicadas. Já avisada resolvi pegar nos ingredientes e fazer como vi no Youtube.

Deixei a ligação na parte que está escrito em inglês porque a própria ligação é Romena e está legendada em inglês. Finalmente fiz o caramelo com os ingredientes que estavam enumerados na receita do youtube e comecei a cobrir a camada reservada para o efeito e antes que o caramelo secasse cortei em 12 partes e reservei.

Recheei as outras camadas e cobri com o  creme de chocolate. IMG_2944-2

No cimo do bolo fiz 12 rosetas com o creme de chocolate que sobrou , coloquei  as partes de caramelo cortadas e pronto, depois de tantas aventuras e por vezes um pouco de  stress, aqui está a minha primeira tentativa do bolo Dobos.IMG_2981-2

Receita – 12 pessoas- forma amovível 18/20cm 6 circulos de papel vegetal

Ingredientes

Bolo

  • 1 ovo x6
  • 10g de manteiga derretida x6
  • 20g de farinha T55 sem fermento x6
  • 20g de açúcar x6

Creme de chocolate

  • 4 ovos
  • 280g de açúcar em pó
  • 300g de manteiga sem sal à temperatura ambiente
  • 250g de chocolate 70%  minimo de cacau
  • 4 colheres de sopa de água

Caramelo

  • 150g açúcar
  • 50ml água
  • 1 colher de sopa de vinagre

Preparação

  1. Bolo: Na tigela da batedeira bater o ovo com o açúcar e uma pitada de sal até a mistura triplicar de volume. Tirar a tigela da batedeira e acrescentar a manteiga derretida, a farinha peneirada e misturar cuidadosamente com uma espátula de baixo para cima para a mistura continuar com volume. Quando o ovo estiver a bater com o açucar, cortar 6 circulos de 20 cm de diâmetro em papel vegetal e forrar com um deles uma forma amovível também de 20cm. Ter os outros 5 circulos de papel à mão. Pré aquecer o forno a  180C. Depois de ter incorporado a farinha na mistura de ovo, deitar na forma espalhando com uma espátula para que a massa fique igualmente distribuída por toda a forma. Levar ao forno 10 minutos. Tirar a massa da forma com uma espátula e deixar arrefecer. Repetir todo o processo até ter 6 circulos .
  2. Creme de chocolate: na taça da batedeira deite 4 ovos o açúcar em pó e bata  em velocidade alta cerca de 10 minutos até os ovos triplicaram de volume
  3. Retirar a tigela da batedeira, e transferir a mistura para uma tigela que possa ir  a ” banho maria”, mexer os ovos com batedor de arames acerca de 10-15 minutos até a mistura engrossar. Quando a mistura estiver quase pronta acrescentar 4 colheres de sopa de água e mexer mais 5 minutos.
  4. Retirar a tigela do “banho maria” e acrescentar o chocolate mexendo até o chocolate estar derretido e obtiver um creme fofo. Reserve o creme até ficar completamente frio.
  5. Colocar a manteiga na tigela da batedeira e bater em velocidade alta até a manteiga ficar com uma cor pálida e fofa. Acrescentar aos poucos a mistura de chocolate. Deverá obter uma mistura cremosa.
  6. A mistura de chocolate deverá estar fria quando a colocar na manteiga, caso contrário a manteiga irá derreter.
  7. Montar o bolo: reservar uma camada de bolo para cobrir com caramelo.
  8. Colocar uma camada de bolo no prato em que vai servir e espalhar umas 4 colheres de sopa do creme de chocolate o mais uniformemente possível. Repetir com as outras 4 camadas. Tente que as camadas fiquem alinhadas com a primeira camada. Cubra com creme o cimo da ultima camada e os seus lados. Reserve um pouco de creme para a decoração final do bolo. Ponha o bolo no frigorífico uns 20 minutos antes de pôr as tiras de caramelo.
  9. Caramelo: Colocar o açúcar numa panela, juntar a água e o vinagre – que irá ajudar o caramelo ficar um pouco mais líquido- deixar ferver até atingir a cor de caramelo. Cuidado para não deixar o caramelo ficar castanho escuro, pois ficará com um sabor amargo. Quando pronto deitar na camada reservada e rapidamente espalhar uniformemente com uma espátula untada com manteiga e cortar em 12 triangulos. Digo rápido porque este passo tem que se fazer com o caramelo liquido e ele solidifica num instante. 
  10.  Colocar o creme de chocolate reservado num saco de pasteleiro com um bico nº 6B da Wilton e monte 12 rosetas no cimo do bolo que entretanto tirou do frigorífico. No cimo das rosetas coloque os 12 triangulos de caramelo como mostra a figura acima.

O Bolo Dobos está pronto! Bom apetite!

Beijos e Abraços

Ana

Sobremesa de maçã e caramelo 

Este mês a Marta escolheu a maçã com este lindo logo  para nos desafiar a colocar coisas boas na sua sempre linda mesa. Como já tinha a maçã debaixo de olho pois deram-me umas maçãs reinetas que teriam de ser utilizadas rapidamente, resolvi que um dump cake que tinha visto à tempos nas minhas pesquisas seria  a melhor maneira de aproveitar as ditas maçãs. Não consegui arranjar uma tradução em português para dump cake e por essa razão preferir chamar-lhe sobremesa de maçã e caramelo. De qualquer forma gostaria de brevemente deixar aqui o que descobri acerca do referido dump cake. A palavra dump tem a tradução literal de despejo e de facto o que se faz é “despejar” alguns ingredientes para um tabuleiro levar ao forno ou não e rapidamente temos uma sobremesa. Geralmente esses ingredientes são adquiridos já pré-confeccionados para acelerar o processo, o que nem sempre resulta bem. Dizem os entendidos que o sucesso dos dump cakes  resulta em utilizar os tais ingredientes feitos de raíz ou seja feitos por nós. Claro que aqui em Portugal é muito fácil pois ainda não temos à venda a quantidade de produtos já confeccionados que os americanos  e ingleses têm. Seguindo então o conselho anotei quais os ingredientes do dump cake e mãos à obra.!

IMG_3082-2

Comecei por fazer o recheio de maçã. Andei tão entusiasmada a fazer uma história para o instagram que esqueci de tirar fotos, mas não está tudo perdido porque guardei a história e publiquei na minha página do facebook que deixo aqui a ligação. Depois o caramelo salgado e por último a mistura de farinha.

Reuni todos os ingredientes IMG_3059-2.jpg

e comecei a montar pela seguinte ordem:

1- recheio de maçã

2- caramelo

3- mistura da farinha

4- nozes e quadradinhos de manteiga

para o forno e quando na cozinha começar a ter vários cheiros desde maçã assada com canela, a seguir a caramelo e por fim a bolo saberá que tem a sua sobremesa pronta!IMG_3094-2

Pode comer simples ou acompanhada por uma bola de gelado, natas batidas com um pouco de canela ou o que a sua imaginação lhe ditar. Eu para já acompanhei com uma bola de gelado regado com o caramelo salgado que me sobrou.IMG_3085-2

Bom apetite!!!

Receita

Ingredientes

Recheio de maçã

  • 8 maçãs qualidade à escolha
  • 6 colheres de sopa de água
  • 57g de manteiga
  • 2 colheres de chá de canela
  • 140g de açúcar
  • 2 colheres de sopa +1/2 de amido de milho
  • 4 colheres de sopa de água

Caramelo Salgado

  • 450g de açúcar
  • 170g de manteiga sem sal cortada aos quadrados
  • 200g de natas à temperatura ambiente
  • 1 colher de sopa de flor de sal

Mistura de farinha

  • 195g de farinha T55 sem fermento
  • 264 de açúcar
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1/2 colher de chá de sal fino
  • 72g de nozes partidas grosseiramente
  • 170g de manteiga sem sal cortada aos quadrados

Preparação

  1. Recheio de maçã: num tacho colocar as maçãs descascadas e cortadas ás fatias, o açúcar e a manteiga derretida com a canela. Cobrir a panela com uma tampa e deixar cozer, até a fruta amolecer. Mexer de vez em quando para não pegar, mas tendo o cuidado para não esmagar muito a fruta.
  2. Numa tigela pequena misturar o amido de milho com a água. Juntar à panela e continuar a cozer até a mistura engrossar. Queremos um recheio em que a fruta esteja cozida mais aos bocados.
  3. Caramelo salgado: modo de preparação  aqui
  4. Mistura de farinha: numa tigela misturar a farinha, o açúcar, o fermento e o sal

Montagem

  1. Aquecer o forno a 180ºC. Untar com manteiga e polvilhar com farinha um tabuleiro 22x33cm e colocar o recheio de maçã, em cima o caramelo e seguidamente a mistura de farinha sacudindo um pouco. Para terminar as nozes e a manteiga aos quadrados a cobrir todo o tabuleiro.
  2. Levar ao forno 35 a 40 minutos. Retirar, deixar amornar ou esfriar e servir.

Beijos e Abraços

Ana