Pudim de coelho bravo à moda do Cartaxo

Logotipo Dia Um... Na Cozinha Fevereiro de 2018

Para esta edição em que o tema lançado é comida tradicional portuguesa e voltando aos meus livros de cozinha, da autora Maria Odette Cortes Valente, escolhi um pudim de coelho bravo à moda do Cartaxo.

Para quem não sabe, o Cartaxo é uma cidade portuguesa localizada no distrito de Santarém, situado nas margens do rio Tejo em que  a cultura da vinha e a produção de vinho estiveram desde sempre ligadas ao concelho, valendo-lhe o título de Capital do Vinho.

Fotografia tirada da net

Se tiver curiosidade em saber mais pode pesquisar aqui

Começa-se por deixar o coelho umas horas numa marinada de vinho, alhos, sal e pimenta.IMG_5561 No dia seguinte estufa-se o coelho na sua marinada com o chouriço, lentamente, eu deixei estufar em lume brando durante 90 minutos.

Enquanto isso, torrei ligeiramente as fatias de pão na torradeira e cortei-as aos bocados prontas para triturar. Depois do coelho estufado, deixei arrefecer um pouco, retirei a carne dos ossos, juntei o chouriço, o pão e triturei tudo no robot de cozinha,IMG_2899-2 finalmente juntei à mistura triturada o leite, os ovos ligeiramente batidos e supostamente o molho do estufado.

Supostamente interrogam-se vocês?!?! Na verdade, como não pus o molho ao pé de mim enquanto fotografava e filmava não o coloquei na mistura do coelho, só dando por ela, quando fecho a porta do forno com o pudim lá dentro, olhando para o fogão e vendo a panela com o molho. Em segundos tive que optar por deixar, ou retirar do forno e de alguma maneira colocar o molho no pudim….Optei pela segunda hipótese, afinal de contas era no molho apurado que estava todo o sabor do pudim!!! Lá fiz a batota, “desenrascando”, fazendo jus a uma das nossas características de sermos portugueses. Ficou bom na mesma!

IMG_5593-2

Bom Apetite!

Receita – 5 doses

Ingredientes

  • 1 coelho bravo/normal
  • 100g de chouriço regional
  • 1 dl de vinho branco
  • 3 dentes de alho
  • 1 ramo de salsa
  • 5 grãos de pimenta preta
  • 1 cebola grande
  • 1/2 dl de azeite
  • 50g de manteiga
  • 3 colheres de sopa de vinho do Porto
  • 100g de pão duro ligeiramente torrado
  • 1dl de leite
  • 5 ovos
  • sal, pimenta e noz moscada a gosto

Preparação

  1. Corta-se o coelho aos bocados e põe-se numa marinada feita com vinho branco, os dentes de alho picados, o ramo de salsa, a pimenta e o sal.
  2. Depois de algumas horas ou no dia seguinte, corta.se o chouriço ás rodelas e numa panela coloca-se o coelho, o chouriço e a marinada tapando o tacho e ferve devagarinho.
  3. Quando ferve, mistura-se então, o vinho do porto, os grãos de pimenta e a noz moscada ralada ou em pó.
  4. Depois de estufado, retira-se os ossos ao coelho e leva-se a triturar juntamente com o pão ligeiramente torrado e o chouriço.
  5. Numa tigela deita-se a mistura de carne ralada, junta-se os ovos ligeiramente batidos, o leite e o molho da carne, envolvendo muito bem.
  6. Aquece o forno a 160ºC, unta uma forma de “bolo Inglês” com manteiga, deita a mistura e leva ao forno +/- 45 minutos ou até o pudim estar cozido.
  7. Deixa amornar retira da forma e serve acompanhado com molho de tomate e couve-flor cozida regada com azeite e vinagre.

IMG_5589-2

Beijos e abraços

Ana

https://www.facebook.com/acozinhadaanikas/videos/1017831261702847/"

Coxas de frango na frigideira com uvas e cebola caramelizada


Para esta edição de Outubro no Dia um…na cozinha foi-nos pedido receitas com uvas.

Estive hesitante entre escolher uma receita doce ou salgada. Comecei nas minhas pesquisas  e houve duas receitas, ambas salgadas, que se destacaram. Assim sendo seriam salgadas, agora toca a escolher entre as duas. Uma com salsichas frescas e outra com coxas de frango. Embora goste e muito dos dois ingredientes, achei que a receita das  coxas de frango representava melhor o que era pedido nesta edição de dia um…na cozinha. 

Então vamos lá escrever um pouco sobre esta receita da Lindsay de pinch of yum que combinou na perfeição frango assado com cebola caramelizada e uvas. Sim uma combinação perfeita, desafio-vos a provar!IMG_3553-2

As coxas de frango são passadas por uma mistura de farinha temperada com tomilho, pimenta da Jamaica e pimenta preta e vão ganhar aquela cor castanha e tostada na mesma  frigideira em que anteriormente já tinha sido caramelizada a cebola. Acabam de cozinhar no forno com um molho que leva vinho tinto, a cebola caramelizada e as uvas. Hum a cozinha fica com um cheiro que nos faz crescer água na boca!

Acompanhei com couscous que se misturaram com aquele molho maravilhoso, fazendo-nos comer mais e mais, até já não haver mais nada!IMG_3555-2

 

Deixo aqui ligação para um pequeno video que fiz quando confeccionei a receita.

Bom Apetite!

Receita – 4 pessoas

Ingredientes

Cebola caramelizada

  • 2 colheres de sopa de manteiga/margarina
  • 1 cebola grande cortada em rodelas fininhas

Para as coxas de frango

  • 90g  farinha T55
  • 1/2 colher de chá de sal
  • 1/2 colher de chá de pimenta caiena
  • 1 colher de café de tomilho seco
  • 1 colher de café de pimenta da Jamaica
  • 8 coxas de frango com pele
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1+1/2dl  vinho tinto
  • 1+1/2dl  caldo de galinha
  • 200g  uvas
  • salsa para polvilhar

Preparação

  1. Para caramelizar a cebola, numa frigideira grande que caiba as coxas de frango e vá ao forno, aquecer a manteiga/margarina deitar a cebola deixar refogar mexendo constantemente até a cebola ficar castanha. Retirar da frigideira e reservar.
  2. Pré aquecer o forno a 200ºC. Numa tigela misturar a farinha com as especiarias. Passar as coxas de frango pela mistura sacudindo o excesso.
  3. Na mesma frigideira que refogou a cebola deitar o azeite deixar aquecer e fritar as coxas de frango com o lado da pele em contacto com a frigideira e fritar rapidamente de cada lado só os lados ficarem tostados. Retire para um prato.
  4. Baixar o lume e com cuidado deitar na frigideira o vinho deixar borbulhar um pouco e seguidamente deitar o caldo de galinha  deixando reduzir um pouco o liquido. Juntar as coxas com a parte da pele para cima, as cebolas caramelizadas,  e 3/4 das uvas e levar ao forno cerca de 20 minutos.
  5. Retirar a frigideira do forno e juntar o resto das uvas misturando-as com o molho voltar a colocar no forno mais 5 a 10 minutos.
  6. Antes de servir polvilhar com salsa e opcionalmente com o seguinte molho: 2 partes de azeite, 1 parte de vinagre balsâmico e 1 colher de chá de mostarda Dijon.

Beijos e Abraços

Ana

Hamburger de carne em camada de batata doce

Para esta edição Dia um…na cozinha foi-nos pedido um hamburguer.  Então lembrei-me de à tempos ter visto o Jamie Oliver fazer um que era uma verdadeira delícia! Fui ao site dele espreitar e dei com Este. Nem procurei mais, só de o ver crescia-me água na boca, por isso concluí que só podia ser bom… e era!!! Quanto à apresentação, esta foi inspirada pelas belas noites que passei no Museu da Batata Doce no Rogil á volta de muitas coisas boas que se podem fazer com batata doce. Se forem passear para a Costa Vicentina não deixem de parar lá. Tenho a certeza que serão bem recebidos como eu fui e gulodices, doces e salgadas não faltam para provar, além do famoso licor de medronho com ou sem mel. Para mim era sempre um “dedal” não mais do que isso com mel, melosa, assim se chama.  Mas voltando ao hamburguer, segui a receita do Jamie, tirando os pepinos em pickles porque não tinha, e acrescentei mais um pouco de maionese ao molho onde misturei a alface.

A quantidade de carne que foi reservada para cada hamburguer, pareceu-me um pouco excessiva eu não consegui comer um inteiro, mas o meu marido comeu o dele e ainda mais um pouco da minha filha que igualmente não conseguiu comer o dela todo. Vejam como é aí em casa, só posso acrescentar que o hamburguer é bem guloso……

IMG_2801-2
hamburguer antes de ir para a frigideira temperado com sal, pimenta e pincelado com azeite

O hamburguer monta-se na frigideira. Aliás tem que ter duas frigideiras, uma para os hamburguers e outra para as fatias de bacon. Faz as duas coisas ao mesmo tempo. Parece complicado mas não é ora vejamos: duas frigideiras, uma coloca a fritar os hamburguers (dois de cada vez como recomenda o Jamie e com razão) e noutra o bacon. Quando os hamburguers já estiverem no ponto o bacon também está. Torna a colocar dois hamburguers na frigideira coloca uma fatia de bacon direta da frigideira e as fatias de queijo no hamburguer uma borrifadela de água na fritadeira para um pouquinho de vapor, uma tampa e assim derrete o queijo e funde todos os sabores.

Falemos agora na batata doce, na verdade eu andei a experimentar qual a melhor maneira de a juntar , se assada, se frita e cheguei à  conclusão que frita ficaria melhor. Assim sendo deixo as duas maneiras e vocês escolhem como vos agradar melhor.

Para ficarem com mais sabor, a base passeia-a pela gordura do baconIMG_2802-2

Com todos os elementos prontos, é só montar

IMG_2810-2.jpg

Bom Apetite!

Receita-Minimo 4 pessoas

Ingredientes

  • 8oog de carne picada
  • Azeite
  • 1 cebola roxa grande
  • 50g de vinagre de vinho branco/cidra
  • 4-8 fatias de bacon
  • 4-8 colheres de chá de mostarda
  • 4-8 fatias de queijo para fundir

MOLHO DO HAMBURGUER

  • 1/4 de uma alface iceberg
  • mínimo 6 colheres de sopa de maionese
  • 1 colher de sopa de ketchup
  • 1 colher de chá de molho tabasco
  • 1 colher de chá de molho inglês
  • 1 colher de chá de Brandy, Bourbon ou Whisky (opcional)

BATATA DOCE

  • 1 Batata grande cortada no sentido do comprimento
  • óleo para fritar
  • Azeite para pincelar

Preparação

  1. Com a carne picada formar no mínimo 4 hamburguers. Colocá-los num prato untado com um pouco de óleo e reservar no frigorífico.
  2. Cortar a cebola ás fatias fininhas, colocar numa tigela com o vinagre e um pouco de sal e reservar.
  3. Cortar a alface em tiras. Numa tigela juntar os ingredientes do molho do hamburguer e com uma vara de arames misturar. Por fim colocar as tiras de alface e tornar a misturar. Reserve.
  4. Batata doce: Se optar por assá-las, colocar as fatias da batata num tabuleiro de ir ao forno forrado com papel vegetal e antes de ir ao forno pincelar com um pouco de azeite e temperar com sal e pimenta. Se optar por fritar, numa fritadeira com o óleo quente fritar, até ficarem douradinhas, retirar e deixar escorrer num prato com papel absorvente, Temperar com sal e pimenta.
  5. Colocar duas frigideiras ao lume com um pouco de azeite. Numa colocar as fatias de bacon e na outra dois hamburguers temperados com sal e pimenta.  Ao fim de 1 minuto, virar os hamburguers e pincelar a parte cozinhada com 1/2 colher de chá de mostarda e uma gota de tabasco. Ao fim de outro minuto, tornar a virar e pincelar o cimo com outra 1/2 colher de chá de mostarda e mais uma gota de tabasco, cozinhe mais 1 minuto.
  6. Entretanto vá dando uma olhadela pelo bacon e quando este estiver douradinho e estaladiço apagar o lume. Por esta altura já terá virado o hamburguer pela última vez e coloca uma fatia de bacon em cima mais uma fatia de queijo. Salpica a frigideira com um pouco de água, coloca a tampa de uma panela a cobrir os hamburguers e deixa até derreter o queijo +/- 30 segundos.
  7. Quando a frigideira do bacon estiver vazia molha lá as fatias de batata doce que vão levar em cima os hamburguers.
  8. E vamos montá-los: colocar num prato uma fatia de batata doce, em cima 1/4 da alface misturada com o molho, em cima o hamburguer 1/4 da cebola escorrida do vinagre e finalmente a outra fatia de batata doce. Servir de seguida.

Beijos e Abraços

Ana

CheeseCake de Oreos Chocolate e Baunilha

Já tinha saudades de fazer um doce em camadas. Aproveitando o tema da  51.ª edição do “Dia Um…Na Cozinha” “SOBREMESAS FRESCAS EM CAMADAS” Logotipo Dia Um... Na Cozinha Agosto 2017 (2)e uma embalagem de 500 gramas de queijo mascarpone guardada no frigorifico comprada no Lidl  na semana em que vendiam produtos italianos, tinha mesmo que fazer algo “grande” para não ficar com sobras. Procurei nas minhas publicações guardadas das minhas buscas que adoro fazer  pela internet à procura de novidades, e lá estava ele no site da Norueguesa Manuela, encaixando na perfeição na minha embalagem de 500 gramas de queijo mascarpone.

IMG_2186-2

Um cheesecake bonito que pode ser perfeitamente utilizado para celebrar! Na prova foi unanime, simplesmente delicioso! E então como se faz esta maravilha? Começamos por fazer a base que é constituida por um “brownie e seguidamente os dois cremes de queijo mascarpone: o de baunilha e oreo e o de chocolate. Para contrabalançar os cremes juntamos uma camada de morangos.

Para montar, depois de o brownie estar completamente frio colocamos uma folha de acetatoem volta da forma e preenchemos com uma camada de creme de queijo com oreo, uma de creme de queijo de chocolate, uma única de morangos e repetimos com mais uma camada do dois cremes de queijo, terminando com o de chocolate

Depois de algumas horas no frigorifico, com cuidado tira-se o cheesecake da forma-eu utilizo sempre o truque da lata, que infelizmente esqueci de fotografar para mostrar mas podem ver aqui -. A decoração deixo ao gosto de cada um.

Bom Apetite!

Receita-12p/forma 20cm fundo amovível/acetato

Ingredientes

Brownie-base

  • 125g de chocolate negro (53-60% de cacau)
  •  60g de manteiga sem sal
  •  2 ovos temperatura ambiente
  • 190g de açúcar
  •  40g de farinha T55 sem fermento
  •  1 colher de sopa + 1/2 de cacau em pó*
  •  1/2 colher de chá de sal
  • 1 colher de chá de extracto de baunilha

Creme de Mascarpone e Oreo

  • 500g de natas para bater
  • 250g de queijo Marcapone
  • 280g de açúcar em pó
  • 2 colheres de chá de extracto de baunilha
  • 2 folhas de gelatina
  • Um pacote de bolachas oreo original partida aos bocados

Creme de cheesecake de chocolate

  • 300g de chocolate negro no minimo 60% de cacau
  • 100g de manteiga sem sal cortada aos quadrados
  • 100ml de café expresso
  • 4 folhas de gelatina
  • 150g de açucar
  • 250g de queijo Mascarpone temperatura ambiente
  • 3 ovos temperatura ambiente
  • uma pitada de sal

Recheio

  • 250g de morangos cortados ás rodelas

Preparação

  1. Numa forma de 20cm com fundo amovivel, unta-se o seu fundo e cobre-se com papel vegetal e torna-se a untar.  Pré-aquecer o forno a 180ºC.
  2. Colocar o chocolate partido aos bocados e a manteiga e derreter em banho maria. Retirar do lume e deixar arrefecer um pouco.
  3. Numa tigela colocar a farinha juntamente com o cacau em pó, sal e misturar.
  4. Noutra tigela juntar os ovos, açúcar e o extracto de baunilha. Misturar os ingredientes com uma vara de arames sem bater demasiado +/- 30segundos. Não queremos arejar muito a massa, pelo contrário aqui queremos uma massa mais densa.
  5. Juntar o chocolate derretido e misturar com a vara de arames sem bater.
  6. Peneirar a mistura da farinha por cima da mistura de chocolate e com uma espátula de silicone incorporara-la no chocolate sem dar muitas “voltas”.
  7. Colocar a massa na forma e levar ao forno durante +/- 20 minutos. Se espetar um palito este pode vir um pouco húmido. Retirar do forno e deixar arrefecer na forma.
  8.  Para o  creme de oreos, colocar as 2 folhas de gelatina em água fria para hidratar, escorrer e derreter no microondas na temperatura minima por breves segundos e reservar. Colocar na tigela da batedeira com aponta de  vara de arames, as natas, o queijo mascarpone e o açúcar até a mistura estar fofa e cremosa. A meio acrescentar a gelatina arrefecida. Cuidado para não bater em demasia correndo o risco de a mistura se separar. Enquanto bate vá vigiando, o processo demorará +/- uns 3 minutos.
  9. Juntar os Oreos partidos encorporando cuidadosamente. Reserve no frigorifico.
  10. Para o cheesecake de chocolate, separar as gemas das claras e reservar.
  11. Derreter o chocolate com a manteiga em banho maria. Quando estiver derretido deixar arrefecer.
  12. Colocar as folhas de gelatina a hidratar em água fria por 5 minutos. Fazer o café expresso e com ele quente colocar as folhas de gelatina escorridas e deixar derreter.
  13. Colocar na taça da batedeira com a ponta de varas de arame, o chocolate derretido, o café com a gelatina, as gemas de ovo, o queijo mascarpone, o sal e na veocidade mínima misturar até todos os ingredientes estarem incorporados. Retire para uma taça e reserve.
  14. Na taça da batedeira lavada e passada com algumas gotas de limão, assim como a ponta de varas, para termos a certeza de que não há nenhum resto de gordura, colocar as claras de ovo, e começar a bater em velocidade minima até ficarem em espuma, 1 minuto +/-, aumentar a velocidade e ir acrescentando o açúcar aos poucos e seguidamente bater na velocidade máxima até as claras ficarem grossas e brilhantes, 3 minutos +/-. Acrescentar o extracto de baunilha e misturar.
  15. Com uma espátula de silicone cuidadosamente misturar o merengue no creme de chocolate até não haver pedaços de merengue visível e a mistura ficar fofa.
  16. Para montar, com a base de brownie completamente fria, colocar á volta da forma uma folha de acetato como vê nas fotos acima. Começar por 1/2 creme de Oreo por cima da base.
  17. Na segunda camada 1/2 camada de cheesecake de chocolate.
  18. Na terceira espalhar os morangos.
  19. Na quarta o resto do creme de Oreo.
  20. E na quinta e última camada terminar com o resto do cheese cake de chocolate alisando bem.
  21. Levar ao frigorifico no mínimo 4 horas, eu aconselharia durante a noite até ao outro dia.
  22. Para desenformar, cuidadosamente tirar a folha de acetato e retirar o aro da forma. Decorar o cimo a seu gosto.

IMG_2195-2

NOTAS:

  • * As folhas de acetato facilmente arranja numa papelaria-2 folhas são o suficiente para montar este cheesecake
  • * O cacau em pó tento usar o mais puro possível. Tenho dois eleitos: 1- da marca Valor sem açúcar, 100% natural só com 16% de manteiga de cacau. Compro no Jumbo em Cascais. Não consigo arranjar noutro sítio; 2- Hersheys Cacau Escuro, 100% de cacau e só consigo arranjar aqui nem nas lojas Glood há.

Beijos e abraços

Ana