Favas à moda do Ribatejo

Sim eu sei, há quem as deteste, quem goste mas comer duas vezes basta ou há como eu que as come de toda a maneira e feitio!

Cá em casa temos as três categorias de gosto, portanto, nem me atrevo a comprar, fico à espera que a minha sogra gentilmente me dê anualmente uma “machinha” vindas directas da sua horta, para fazer aquela refeição que se come uma vez e pronto, até para o ano!

Desta vez decidi-me por umas à moda do Ribatejo, por serem muito simples e rápidas de confeccionar.

Não podia escrever a receita sem deixar alguma informação sobre a região do Ribatejo que compreende a maior parte do distrito de Santarém e dois concelhos do distrito de Lisboa(Azambuja e Vila Franca de Xira). Nas campinas, que constituem admiráveis paisagens, pratica-se a criação de gado, em especial o touro bravio, destinado às corridas de toiros. É também aqui criado um dos mais belos cavalos do mundo, o cavalo lusitano.

Resultado de imagem para Ribatejo
imagem tirada de net

A sua gastronomia é constituída por pratos típicos como a sopa de pedra e a caldeirada; o cabrito assado ou frito, as favas com chouriço e os ovos de tomatada; as tigeladas e os doces de feijão e de ovos.

Vamos então à receita: os ingredientes além das favas temos, entrecosto, chouriço de carne,morcela,azeite, banha, coentros,alhos, água e sal e pimenta a gosto7AD3B200-53E8-421C-AEAF-FAA51818E65A-2 Na sua preparação frita-se o entrecosto temperado com o alho no azeite  mais a banha e vão-se acrescentando os ingredientes à vez começando pelo chouriço, acabando com o adicionar de um pouco de água quente para ajudar na sua cozedura

Aqui estão elas prontinhas!!!D109B615-4A00-474A-AFD7-D59D4E63AF82-2

Receita- 4 pessoas

Ingredientes

  • 1kg de favas tenras descascadas
  • 400g de entrecosto de porco cortado aos quadrados
  • 1 chouriço de carne cortado ás rodelas
  • 1 morcela
  • 1/2 dl de azeite
  • 20g de banha de porco
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 ramo de coentros
  • 1dl+1/2 de água quente
  • Sal e pimenta a gosto

Preparação

  1. Tempera-se o entrecosto cortado aos quadrados, com os alhos picados, sal e pimenta.
  2. Põe-se ao lume num tacho, o azeite e a banha. Logo que esteja quente junta-se o entrecosto, mexe-se para fritar de todos os lados e mistura-se o chouriço de carne ás rodelas.
  3. Tapa-se o tacho e deixa-se fritar em lume brando.
  4. Deitam-se as favas e os coentros picados. Envolve-se tudo e junta a morcela inteira tapando o tacho durante uns 5 minutos.
  5. Adiciona-se a água quente. Reduz o lume e deixa-se cozer tudo em lume brando, sacudindo o tacho de vez em quando para não pegar.
  6. Serve-se com salada de alface e cebola

13F474B0-5516-46BB-881F-8408AA5C6E0C-2

Bom apetite!

Beijos e abraços

Ana

Se resolver fazer esta receita e se achar bem, tire uma foto e tag no instagram #acozinhadaanikas, adorava ver como ficou.

 

Pizza ao contrário

Por mais voltas que desse à cabeça, não consegui dar um título a esta receita que não fosse a tradução quase literal do título de onde a encontrei . O que me chamou a atenção  foram os ingredientes desta e como foram colocados numa travessa de ir ao forno, de preferência que vá à mesa também. Ora imaginem um empadão de carne, sem batata, com uma crosta crocante dada por uns biscoitos salgados. Gostei tanto que tive que partilhar a receita com voçês, com as devidas adptações ao nooso cantinho planto no mar!

Então como aqui em casa, salvo raras excepções, faz-se tudo de raiz, comecei pelo molho de tomate , preparei a base da massa para os biscoitos, reservando-a no congelador e por fim cozinhei a carne.

Como preparei a massa dos biscoitos salgados?

Ralo a manteiga congelada para dentro da farinha, adiciono os temperos e reservo no congelador até ter todos os ingredientes prontos e dispostos no tabuleiro. Por fim adiciono o leite e junto os ingredientes com a ajuda de um garfo. Não trabalhe a massa!

Montagem

E pronto, é só levar ao forno pré aquecido a 200C até ficar douradinho!

1A347657-DB14-4124-B795-9A5730179D52-2

Se sobrar, esta pizza come-se muito bem no outro dia aquecida no forno e também fica igualmente bem na lancheira para o almoço do outro dia.

Receita – 8 pessoas

Ingredientes

mistura para o biscoito salgado

  • 360g de farinha T65 sem fermento
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher 1/2 de sopa de fermento em pó
  • 115g de margarina congelada

para a pizza

  • 500g de carne de vaca picada
  • 500g de salsichas frescas italianas sem pele
  • 1 cebola picada
  • 3dl 1/2 /4dl de molho de tomate
  • 250g de salame fatiado
  • 9 fatias de queijo cheddar ou outro a gosto
  • 1 dose de massa para biscoito
  • 200ml de leite frio
  • 1 colher de chá de alho em pó
  • 1 colher de chá tempero italiano em pó(oregãos, tomilho, mangericão, salva)
  • salsa fresca para guarnecer

Preparação

mistura para biscoito salgado

  1. Numa tigela colocar a farinha o fermento e o sal e misturar. Com um ralador rale a margarina congelada para dentro da tigela, misture levemente com um garfo. Reserve no frio ou até no congelador enquanto prepara os outros elementos.

para a pizza

  1. Pré aqueça o forno a 210C.
  2. Numa frigideira com um pouco de azeite, deite a cebola e assim que estiver translucida as carnes e cozinhe até que estas estiverem cozidas com um tom ligeiramente acastanhado.
  3. Escorra algum liquido que a mistura possa ter e só depois coloque num tabuleiro 22cmx33cm.
  4. Cubra com uma camada de fatias de salame.
  5. Por cima deite o molho de tomate.
  6. Seguidamente cubra com uma camada de queijo fatiado.
  7. Retire o preparo do biscoito do frio tempere com o alho em pó , o tempero italiano e o leite. Novamente com um garfo, misture todos os ingredientes até estarem todos bem incorporados.
  8. Com as mãos distribua bocados da massa por cima da camada de queijo, até este ficar todo coberto.
  9. Leve ao forno durante +/- 25 minutos até a crosta do biscoito estar dourada. Se desejar salpique com um pouco de salsa fresca e sirva de imediato.IMG_8757

Bom apetite!

Beijos e abraços

Ana

Se fizer esta receita tag #acozinhadaanikas no instagram, adorava ver como ficou.

 

Molho de Tomate Rápido

Hoje trago um básico, molho de tomate em cru. Por ser cru é fácil e rápido de se fazer.

Descobri este molho quando para confeccionar uma receita esqueci completamente do molho de tomate. Geralmente utilizo o do Jamie Oliver, mas já estava atrasada e precisava de um mais rápido….

Nas minhas pesquisas apareceu este no site da Thekitchn que agradeci aos céus, por ser rápido, feito na hora.

Mais tarde percebi que tinham que ser feitos uns ajustes, que claro vou deixar aqui.

Assim sendo, só têm que colocar os ingredientes no Robot de cozinha ou numa liquidificadora e pronto, já está!

O ajuste: como vêm na foto eu utilizei uma lata inteira de tomate pelado. Mais tarde na receita onde  utilizei o molho, percebi que este acrescentou um pouco mais de liquido do que era esperado. Portanto penso  o que se terá de fazer, e irei certamente fazer, é colocar só os tomates sem o liquido e para isso teremos que acrescentar mais uma lata de tomate.

De resto o molho tem um sabor muito bom, principalmente pelo toque do vinagre balsâmico.

Se tiverem tempo e acharem que poderá ir ao lume um pouco para tirar o excesso de liquido, acrescentem só o vinagre balsâmico no fim fora do lume.

Receita – 350ml

Ingredientes

  • 2 latas de tomate pequenas (ler o ajuste)
  • 4 dentes de alho picados
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de chá de açúcar
  • 1 colher de chá de vinagre balsâmico
  • sal e pimenta a gosto

Preparação

  1. Juntar todos os ingredientes no robot de cozinha ou numa liquidificadora, pulsar até ficar em pasta.pizza ao contrário (1)-2.jpg

Beijos e abraços

Ana

 

 

Cheesepretzel de morango

Já lhe chamaram salada, ou sobremesa de pretzels com gelatina de morango. Eu preferi chamar-lhe cheesepretzel  devido   à sua base ser confeccionada com pretzels. Assim sendo temos um creme de queijo numa base de pretzels esmagados com manteiga, açúcar e canela. No topo uma gelatina de morango misturada com morangos frescos. Estamos na época deles temos que aproveitar!!!!

Tenho também que dizer que é uma boa sobremesa para ser levada para reuniões de família ou de amigos porque é muito fácil de transportar.

Como se faz?

Nada mais fácil, comecemos pela camada de baixo:

 

 

Seguidamente a camada do meio:

 

 

Finalmente a camada de cima:

 

 

e obtemos este resultado IMG_8656-2

Para servir corta aos quadrados, para levar, embrulha em papel vegetal ou alumínio e de certeza que chegará bem ao destino sem desastres!

Esta receita foi adaptada do blog meattoat and Melodrama

RECEITA – 12 PESSOAS

Ingredientes

Crosta

  • 265g de pretzels esmagados (+/- 3 pacotes de 150g)
  • 170g de manteiga sem sal derretida
  • 3 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa de canela em pó

Camada de queijo creme

  • 230g de queijo creme escorrido
  • 250g de açúcar
  • 2dl de natas batidas
  • 2 folhas de gelatina demolhadas

Camada de gelatina de morango

  • 500g de morangos cortados ao meio
  • 2 pacotes de gelatina de morango
  • 500ml de água a ferver

Preparação

Crosta

  1. Numa tigela misturar os pretzels esmagados com o açúcar, canela e a manteiga derretida.
  2. Deite para um tabuleiro que vá ao forno e mesa de 33cmx22cm e pressione bem. A base de um copo ajuda.
  3. Leve ao forno aquecido a 200 graus entre 8 a 10 minutos. Retirando e deixando arrefecer.

Camada de queijo creme

  1. Escorra o queijo e coloque-o numa tigela com o açúcar e bata até ficar cremoso.
  2. Derreta as folhas de gelatina e misture-as no preparado, batendo mais um pouco até ficarem bem misturadas.
  3. Incorpore no preparado as natas batidas sem bater e coloque em cima da camada dos pretzels, que já deverá estar fria. Espalhe bem, inclusive nos cantos. Coloque no frigorífico até ficar firme.

Camada de gelatina de morango

  1. Numa tigela grande, misture a gelatina com a água a ferver, até esta se dissolver deixe arrefecer um pouco.
  2. Misture os morangos na gelatina até esta começar a engrossar.
  3. Deite  por cima da camada do queijo creme.
  4. Leve novamente ao frio para ficar firme, nunca menos de 2 horas ou pode ser até ao outro dia de manhã.
  5. Quando estiver pronto para servir pode colocar chantilli para decorar.

NOTAS:

  1. Não deixe no forno os pretzels por mais de 10 minutos.
  2. Se tiver um tempo extra deixe escorrer o queijo creme num passador por 1hora. Ficará mais cremoso porque deita o soro fora.
  3. Para esfriar mais depressa a gelatina, um pouco antes de a fazer pode colocar os morangos no congelador.

IMG_8662-2

Bom apetite!

Beijos e abraços

Ana

Se fizer esta receita tira uma foto e tag #acozinhadaanikas no instagram. Gostava muito de ver como ficou

 

 

 

Cataplana de Peixe e Marisco

Depois de ter folheado, uma das muitas revistas de culinária que vou colecionando, vi uma receita de cataplana de peixe e logo me deu a ideia para aproveitar umas postas de peixe que tinha no congelador e umas tiras de pota que sozinhas não conseguiria fazer nada delas. Comprei uns camarões umas ameijoas e saiu um belo jantar de Sábado.

Como é que eu fiz?

Li muito bem a receita da revista , comecei a juntar os ingredientes que tinha em casa, fazendo as devidas adaptações à lista de ingredientes da receita original.

 

Depois foi só indo acrescentado por ordem todos os ingredientes, menos as batatas ,na cataplana e deixá-la fazer o resto.

As batatas cozem à parte, e serão acrescentadas à cataplana no final da cozedura

da cataplana365F7953-9FB5-45B6-B108-0F827EE797C5

E voilá aqui está ela prontinha para ir para a mesa!

IMG_8606-2

Bom apetite! 

Receita – 4 pessoas

Ingredientes

  • 700g de peixe à escolha cortado ás postas
  • 300g de camarão
  • 300g de ameijoas
  •  90g de bacon aos quadrados
  • 1/2 chouriço de carne ás rodelas
  • 3 tomates maduros (coloquei de lata) aos quadrados
  • 1 pimento verde cortado às tiras
  • 1 cebola grande cortada às rodelas finas
  • 2 dentes de alho picados
  • 300ml de azeite
  • 150ml de vinho branco
  • 50ml de brandy/conhaque (coloquei vinho abafado)
  • 4 batatas
  • 1 folha de louro
  • 1 ramo de salsa
  • sal e piripiri q.b.

Preparação

  1. Tempere o peixe e o camarão com sal, reserve. Numa cataplana, coloque metade das rodelas da cebola, metade das tiras do pimento e o azeite.
  2. Adicione o peixe, tempere com os vinhos. Junte a outra metade da cebola e pimento. De seguida acrescente o tomate, bem como o alho, louro, ramo de salsa e o pirirpiri.
  3. Por último, coloque por cima o bacon, o chouriço, os camarões e as ameijoas. Feche a cataplana de deixe cozinhar +/- uns 20 minutos.
  4. Descasque as batatas, corte-as ao meio e coza-as, num tacho à parte em água temperada com sal. Escorra-as e junte à cataplana no final da cozedura. Sirva de imediato, decorada com folhas de salsa.

Beijinhos e abraços

receita adptada da revista teleculinária

 

Açorda à algarvia

Mais uma açorda , desta vez descemos ao Sul do país, Algarve, onde na sua zona costeira abunda uma grande variedade de  marisco: mexilhão,  ameijoas, berbigão, conquilhas, ostras e os percebes ao natural da sua costa vicentina. Com eles se fazem pratos deliciosos como esta açorda que, já, já, vos vou mostrar como eu a fiz.

Não vou esconder que a sua execução é um pouquito trabalhosa mas vale o esforço,  ao degustá-la!

Vejamos então o que quero dizer com “um pouquinho trabalhosa”: depois de comprados os mariscos convém deixá-los uma hora pelo menos em cada um em seu alguidar com água e sal para libertarem a areia que ainda possam ter; cozer num caldo preparado, cada um em sua vez; filtrar o caldo; tirar os mariscos das suas conchas; partir o pão em fatias finas e  a partir daqui tudo fica mais rápido para a finalização da açorda!

Depois é só acrescentar uns ovinhos para escalfar, polvilhar com salsa ou coentros e servir logo de seguida!

IMG_7605-2

Receita

Ingredientes

  • 600g de marisco(mexilhão, ameijoas,berbigão e conquilhas)
  • 1dl de azeite
  • 2 cebolas médias
  • 3 dentes de alho
  • 1 ramo de coentros
  • 4 ovos
  • 240g de pão tipo caseiro
  • sal
  • Cerca de 7,5 dl água

Preparação

  1. Lavam-se os mariscos e põem-se de molho em água temperada com sal, cada um em seu recipiente.
  2. Leva-se a água ao lume num tacho com uma cebola picada e uns raminhos de coentros. Abrem-se os mariscos na mesma água, mas cada um de sua vez, retirando com uma escumadeira conforme vão abrindo.
  3. Passa-se por um pano fino a água onde abriram os mariscos. Retiram-se estes das conchas.
  4. À parte, leva-se ao lume, num tacho, o azeite com a cebola e os dentes de alho picados. Logo que comece a alourar adiciona-se a água dos mariscos. Levanta fervura e deita o pão cortado às fatias finas. Mexe-se com uma colher de pau, envolvendo bem e misturam-se os mariscos e os coentros picados.
  5.  Abrem-se cavidades e colocam-se os ovos. Estão prontos quando a clara estiver coagulada.

Bom apetite!!!

Se fizer a açorda tire uma foto e publique noinstagram #acozinhadaanikas, gostaria muito de ver como a açorda tomou forma na sua cozinha.

 

 

 

Toucinho do Céu

O que se poderá dizer mais acerca deste doce secular e conventual, Toucinho do Céu, que ainda não tenha sido dito…..

Sobre esta receita especifica que diz ser originária do convento de Odivelas, depois de ter ido investigar, dei conta que existem uma diversidade de receitas a reclamarem a mesma origem. Assim sendo deixo aqui mais uma, só e apenas de toucinho do céu.

A sua preparação é o usual dos doces conventuais: calda de açúcar, ovos, muitos ovos, açúcar e amêndoa ralada.  Um bolo delicioso e guloso como todos os doces conventuais!!!

Receita

Ingredientes                               IMG_7736-2

  • 460g de açúcar
  • 230ml de água
  • 200g de miolo de amêndoa pelada e ralada
  • 20 gemas de ovo
  • 2 claras
  • 1 colher de chá de canela

Preparação

  1. Aqueça o forno a 160ºC, unte uma forma com manteiga e cubra com papel vegetal.
  2. Numa panela, leva-se ao lume o açúcar com a água até obter o ponto pérola. Se tiver dificuldade em achar o ponto pode verificar aqui. Junta-se o miolo de amêndoa e a canela. Deixa-se arrefecer.
  3. Numa outra tigela junta-se as gemas batidas com as claras e adiciona-se ao preparado anterior lentamente, começando por tirar uma colher de sopa da mistura do açúcar e colocar nas gemas mexendo rapidamente com a vara de arames. Repita o processo mais umas 4 ou 5 vezes até a gemas estarem temperadas. Esta técnica evita que as gemas cozam precocemente com o risco de obter uma mistura de açúcar com ovos aos “farrapos”. Deite-as então na panela do açúcar com a amêndoa, leve novamente ao lume, desta vez baixo, até engrossar, fazer estrada no fundo do tacho.
  4.  Deite o preparado na forma e leve ao forno pré aquecido durante +/- 30 minutos ou quando o palito sair enxuto.
  5. Deixe arrefecer, tire da forma e polvilhe com açúcar e canela.

IMG_7756-2.jpg

Bom apetite!

Se fizer o toucinho do céu tire uma foto e publique noinstagram #acozinhadaanikas, gostaria muito de ver como o toucinho do céu tomou forma na sua cozinha.